Menu fechado

Moxabustão: recurso milenar em prol da reabilitação animal

Por Arthur Paes Barretto, médico-veterinário acupunturista (CRMV-SP 6871)

Conheça mais sobre essa renomada técnica

Paciente canino em sessão de acupuntura. Além da aplicação de agulha seca, também optou-se pela utilização da moxabustão com o thermie - https://youtu.be/bV4msUElkzA. Na medicina veterinária também é comum o uso do thermie. Basicamente, trata-se de um aplicador de moxabustão que possui revestimento de metal no qual o bastão é inserido. Ele permite a transferência térmica sem contato direto do paciente com a brasa. É uma técnica mais segura do que a moxabustão suspensa - Crédito: Arthur Paes Barretto / Integrativa Vet Brasil

Quando se fala em medicina chinesa, a acupuntura é a técnica mais popular no ocidente. Porém, essa medicina milenar também inclui a fitoterapia, a moxabustão, a massagem e práticas de meditação como o Qi Gong e o Tai Chi Chuan 1,2.

Seja bem-vindo(a) leitor(a)!
Ainda não é assinante?

Assine agora e tenha acesso ilimitado a todas as materias de todas as edições da revista Medicina Veterinária em Foco!

Assinar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *